Imprimir

O projeto, que é inédito em Fortaleza, consiste em agregar conhecimentos e ajuda de custo para os instrutores de escolas de surf participantes. Todas as escolinhas foram selecionadas por meio de edital. O objetivo é contribuir para a formação de uma nova geração de instrutores, capazes de promover o desenvolvimento humano e cultural de jovens surfistas, localizados em áreas de vulnerabilidade. Ao todo, 15 escolinhas de surf, situadas entre a Praia do Futuro e a Barra do Ceará, são apoiadas pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude. Por realizarem ações sustentáveis, elas passam a integrar a rede de proteção social das crianças e adolescentes da cidade.

Categoria: Juventude na Onda
Acessos: 2471